top of page

A verdadeira dor do parto: a violência obstétrica na realidade brasileira


410_izabela_rcmos
.pdf
Download PDF • 340KB

A verdadeira dor do parto: a violência obstétrica na realidade brasileira

The real pain of childbirth: obstetric violence in the Brazilian reality


Izabela Lacerda Silva

Submetido em: 18/11/2022

Aprovado em: 19/11/2022

Publicado em: 20/11/2022

DOI: 10.51473/ed.al.v2i2.410


RESUMO

Em diversos modelos de assistência ao parto em serviços públicos no Brasil ocorre a violência obstétrica. Estes procedimentos ofendem, humilham, ocasionando sofrimento psicológico e físico para a mulher. Neste artigo científico será realizada uma análise sobre a violência obstétrica vivenciada pelas gestantes. Os resultados apontam práticas de assistência ao parto, marcadas pelo desrespeito à mulher e seus bebês. Diante desses casos sugere-se uma real transformação das práticas obstétricas realizadas pelas enfermeiras e médicos na assistência ao parto humanizado e a entidade reguladora nacional, de modo a intervir para inibir e combater as práticas ocorridas contra as mulheres.

Palavras-chave: Violência obstétrica. Violência a mulher. Dignidade da pessoa humana. Teoria do bem jurídico. Serviço humanizado. Parto. Direito Penal.


ABSTRACT:

In several health services and childbirth care models in Brazil occurs practices obstetric violence. These are procedures offend and humiliate, inflicting psychological,physical suffering for women . This scientific articles to analyse the obstetric violence perceived by victims. The results proposed that delivery care practices, maked by disrespect for women and yous babys; Suggests the transformation of nurses, doctors obstetrical in huanized birth care and the national regulatory authority, may intervene to inhibit and combat practices occurred against the women.

Keywords: Obstetric violence. woman violence. Dignity of human person. Criminal Legal Well. Labor. Care humanization. Parto.Criminal Law.

Posts Relacionados

Ver tudo
bottom of page