top of page

Culturas brasileiras e as práticas pedagógicas para educação rural


498_elizaregia_rcmos
.pdf
Download PDF • 394KB

Culturas brasileiras e as práticas pedagógicas para educação rural

Brazilian cultures and practical practices for rural education


Elizarégia Reis de Castro


Submetido em: 05/03/2023

Aprovado em: 06/03/2023

Publicado em: 20/03/2023

DOI 10.51473/ed.al.v3i1.498


RESUMO

Este estudo Buscando buscou investigar o processo de fechamento de escolas do campo, bem como identificar as estratégias de resistência adotadas pelos movimentos e grupos sociais organizados. Bem como, analisar as políticas de educação para os povos do campo, tendo como referência os projetos de campo e educação em disputa; Compreender o papel do Estado na efetivação do direito à educação; Discutir sobre o fechamento de escolas do campo, localizando em quais regiões e municípios esta política tem ganhado mais força nos últimos anos; Investigar como os movimentos sociais e organizações do campo se posicionam diante do fechamento das escolas do campo. A metodologia desta pesquisa envolve uma abordagem qualitativa e quantitativa. Concluiu-se que a educação rural possui suas bases nos movimentos sociais, que as conquistas, especialmente em relação a legislação, são fruto da luta permanente dos movimentos sociais organizados, os quais coletivamente buscam superar as desigualdades impostas aos campesinatos ao longo da história brasileira.

Palavras-chave: cultura, pedagogia, educação rural.


ABSTRACT

This study sought to investigate the process of closing schools in the countryside, as well as to identify the resistance strategies adopted by movements and organized social groups. As well as analyzing education policies for rural people, with reference to the field and education projects in dispute; Understand the role of the State in realizing the right to education; Discuss about the closure of rural schools, locating in which regions and municipalities this policy has gained more strength in recent years; Investigate how social movements and rural organizations are positioned in the face of the closure of rural schools. The methodology of this research involves a qualitative and quantitative approach. It was concluded that rural education has its bases in social movements, that the achievements, especially in relation to legislation, are the result of the permanent struggle of organized social movements, which collectively seek to overcome the inequalities imposed on peasants throughout Brazilian history.

Keywords: culture, pedagogy, rural education

Posts Relacionados

Ver tudo
bottom of page