top of page

Formação de professores e práticas educativas adotadas na pandemia: dificuldades e desafios


468_agenora_rcmos
.pdf
Download PDF • 422KB

Formação de professores e práticas educativas adotadas na pandemia: dificuldades e desafios

Teacher training and educational practices adopted in the pandemic: difficulties and challenges


Agenôra Freitas de Andrade


Submetido em: 11/01/2023

Aprovado em: 12/01/2023

Publicado em: 13/01/2023

DOI 10.51473/ed.al.v3i1.468


RESUMO

Este estudo tem como objetivo analisar o ensino emergencial a distância oferecida em cursos de formação de professores, com base na literatura existente. Mais especificamente, busca identificar os desafios e possibilidades da EAD emergencial e das práticas docentes/pedagógicas que podem prevalecer/permanecer após a pandemia do coronavírus nos cursos de formação de professores. Trata-se de uma revisão de literatura, que considerou dados das bases de dados SciELO e Google Acadêmico utilizando os seguintes termos/descritores da língua portuguesa: pandemia de coronavírus, formação de professores, ensino a distância de emergência, utilizando os operadores lógicos “AND” e “OR” para combinar os termos acima. Na seleção, foram considerados apenas os estudos que disponibilizaram o texto completo para consulta, publicados entre 2020 e 2022 e que abordassem os desafios e possibilidades do ensino a distância em cursos de graduação, bem como as práticas pedagógicas/didáticas adotadas para o ensino a distância, consequentemente, sua descrição. Os dados foram organizados em três categorias de análise: desafios do trabalho docente remoto, possibilidades do ensino remoto e práticas pedagógicas que permanecerão pós-pandemia. Com a análise, encontramos desafios como entender a dinâmica dos ambientes virtuais, acesso precário aos equipamentos tecnológicos e à Internet, bem como o controle emocional para trabalhar em um ambiente inadequado para a prática docente e aprendizagem. Como possibilidade, destacou-se a qualidade de vida proporcionada por sua implantação, com economia de dinheiro e tempo pela ausência de deslocamentos, a organização de novas sequências pedagógicas, bem como a utilização de um imenso acervo digital educacional, que na época flexibilidade tornou-se disponível. Entre as práticas que podem prevalecer no pós-pandemia estão o uso do ambiente virtual de aprendizagem (AVA), que já era algo trabalhado na área de EaD; livros digitais; avaliações online; e a apropriação cada vez maior da cultura digital, trabalhando com metodologias como, por exemplo, a sala de aula invertida, o laboratório online e o rodízio. O trabalho não apresenta dados imutáveis, inquestionáveis, propõe uma reflexão sobre o ensino oferecido nos cursos de formação de professores.

Palavras-chave: Pandemia da Covid-19. Formação Inicial. Ensino Remoto Emergencial.


ABSTRACT

This study aims to analyze emergency distance learning offered in teacher training courses, based on existing literature. More specifically, it seeks to identify the challenges and possibilities of emergency distance learning and teaching/pedagogical practices that may prevail/remain after the coronavirus pandemic in teacher training courses. This is a literature review, which considered data from the SciELO and Google Scholar databases using the following Portuguese language terms/descriptors: coronavirus pandemic, teacher training, emergency distance learning, using the logical operators “AND” and “OR” to combine the terms above. In the selection, only studies that made the full text available for consultation, published between 2020 and 2022 and that addressed the challenges and possibilities of distance learning in undergraduate education, as well as the pedagogical/didactic practices adopted for distance learning, were considered, consequently, its Description. Data were organized into three categories of analysis: challenges of remote teaching work, possibilities of remote teaching and pedagogical practices that will remain post-pandemic. With the analysis, we found challenges such as understanding the dynamics of virtual environments, precarious access to technological equipment and the Internet, as well as emotional control to work in an inadequate teaching and learning environment. As a possibility, the quality of life provided by its implementation was highlighted, with money and time savings due to the absence of displacements, the organization of new pedagogical sequences, as well as the use of an immense educational digital collection, which at the time flexibility was made available. Among the practices that may prevail in the post-pandemic are the use of the virtual learning environment, which was already something worked on in the EaD area; digital books; online assessments; and the growing appropriation of digital culture, working with methodologies such as, for example, the inverted classroom, the online laboratory, and rotation. The work does not present immutable, unquestionable data, it proposes a reflection on the teaching offered in teacher training courses.

Keywords: Coronavirus Pandemic. Teacher Training. Emergency Remote Teaching.


Posts Relacionados

Ver tudo
bottom of page